Como saber o sexo de uma Tarântula?

Sexar uma tarântula ventralmente leva tempo e um pouco de experiência. Eu sugiro que, desde o início, a tarântula tenha pelo menos 5 cm de comprimento de perna. A maneira mais fácil de fazer sexagem com uma tarântula é usar uma pele fresca (exúvia). Se você recuperar a pele logo após a mudança, ela deve estar úmida e fácil de abrir. Se secou e ficou rígido, você pode precisar adicionar algumas gotas de água ao cefalotórax (carapaça) e deixar que ele sature a pele, logo ela deve estar bem flexível. Abra a pele usando duas canetas retas e prenda a pele em um pedaço de isopor com alfinetes.

Quando um macho amadurece, há uma diferença óbvia. As quelíceras masculinas se tornam menores e seu corpo é mais magro; A maioria desenvolve ganchos no primeiro par de pernas além dos bulbos em seus pedipalpos.

  • ESSE DIMORFISMO QUE OCORRE NOS MACHOS É SOMENTE APÓS A MATURAÇÃO DO MESMO, ANTES DISSO, MACHOS E FÊMEAS SÃO IGUAIS.

Veja na imagem abaixo uma ilustração reformulado por nós. Dimorfismo Sexual de tarântulas >> Órgãos sexuais.


SEXAGEM POR EXUVIA:

MACHO – EPHIANDRUS FUSILAE
FÊMEA – ESPERMATECA

FÊMEA MADURA
MACHO MADURO

Sexando por ventre:
Ventral – Fêmea
Ventral – macho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s