Acanthoscurria paulensis

Nome comum: Gigante Negra Brasileira

Origem: Mato Grosso / Brasil

Habitat Natural: Os elementos da paisagem na região incluem a Serra do Cachimbo, que forma o braço nordeste, e a Serra dos Caiabis e a Serra Formosa, que formam o braço oriental da região. Todas estas Serras ocidentais são savanas bem drenadas com 6-8 meses úmidos e uma temperatura média de 25º C. As chuvas sazonais definem este habitat. Durante a época das inundações, de dezembro a maio, grande parte dessa área está submersa e se torna uma floresta / matagal inundada. O resto do ano é razoavelmente seco, e como o solo é poroso, as zonas úmidas e as piscinas secam rapidamente para formarem planícies maciças e manchas de floresta seca, bem como manchas de savana e floresta úmida.

Temperatura / umidade: 23° – 28° C / 65-75% de umidade.

Terrário: Use um terrário que permita pelo menos 10-15 cm de substrato – 40x30x30 / CxLxA de tamanho esta ótimo.

Substrato: Use 10-15 cm de substrato (Uma mistura de musgo de turfa, vermiculita, fibra de coco.

Consumo de Alimentos:  Para os lings você pode oferecer moscas de frutas (Drosophilas) e tenébrios. Para adultos ofereça grilos e baratas adultos.

Requisitos de água: Mantenha um prato de água no recinto.

Taxa de crescimento: A taxa de crescimento desta espécie é rápida.

Tamanho adulto: esta espécie pode atingir um comprimento de perna de 12 a 15 cm

Temperamento: Esta não é uma tarântula defensiva e prefere chutar cerdas do que picar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s