Psalmopoeus cambridgei

Psalmopoeus cambridgei (Pocock, 1895), é uma espécie de aranha da família Theraphosidae, endêmica de Trinidad. Seu veneno é a fonte de psalmotoxina e vanillotoxina que são classificadas como proteínas inibidoras. A salmotoxina pode ser de uso terapêutico em pacientes que sofrem de AVC. A fêmea desta especie tem marcas escuras em seu abdômen e sua cor varia através de tons esverdeados com marrom, alguns pontos avermelhados ou alaranjados podem ser notados em suas penas. O macho maturado sexualmente, apresenta uma coloração bem diferente da fêmea; Um cinza ou marrom mais uniforme, o corpo parece menor em comparação com a extensão de suas pernas, atingindo em média apenas 10cm, os machos podem atingir a maturidade sexual em apenas um ano de vida. As fêmeas são muito maiores que os machos e de crescimento rápido, atingindo em media 15-16cm de extensão da perna. Aranhas desta espécie são muito oportunistas, e geralmente criarão uma toca em uma pequena fenda escondida em rochas ou troncos, com um cobertor de seda feito por ela mesmo.


INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

Nome científico: Psalmopoeus cambridgei

Família: Theraphosidae

Subfamília: Psalmopoeinae

Tipo: Aranha arborícola.

Categoria: Tarântula do Novo Mundo. 

Cerdas urticantes: Não.

Veneno: Dependendo da localização da picada e da quantidade de veneno que foi administrada, esta pode ser uma experiência muito dolorosa. No entanto, até o momento não há pesquisas científicas para confirmar a força do veneno.

Origem: Trindade e Tobago

Comprimento do corpo: ≤ 7/9 cm.

Envergadura de pernas: ≤ 15/17 cm.

Taxa de crescimento: Médio / Rápido

Esperança de vida:12 anos as fêmeas. Os machos morrem em torno de 3 a 4 anos.

Comportamento: Embora ela frequentemente escolha a rota de fuga, a Psalmopoeus cambridgei tem uma reputação de ser muito defensivo e imprevisível. Procurando por uma rota de fuga, os animais às vezes ousam soltar ou dar pequenos saltos. A provocação persistente pode levar irrevogavelmente a várias picadas consecutivas. A aranha constrói uma bolsa de teia tubular típica.

P. cambridgei / Macho

INFORMAÇÃO ADICIONAIS

A Psalmopoeus cambridgei vive em uma área tropical úmida e quente com vegetação densa. As temperaturas excedem 28° C quase diariamente. Tenha em mente, no entanto, que a aranha em seu habitat natural é protegida em fendas de árvores e galhos ocos contra este sol ardente. Portanto, não aqueça o terrário excessivamente.

Fatores ambientais:

Temperatura: 25-28 ° C (dia), 21-25 ° C (noite).

Umidade: 70-85%. Por 4 meses consecutivos por ano, isso pode cair para 60-70%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s