Ephebopus murinus

Ephebopus murinus – (Walckenaer, 1837), também conhecida como “Tarântula Esqueleto” é uma aranha muito notável devido ao seu padrão tipo esqueleto em suas pernas. O gênero pertence à subfamília Psalmopoeinae, composta principalmente por tarântulas arborícolas. Espécies do gênero Ephebopus, no entanto, exceto por Ephebopus rufescens, são conhecidas por serem muito escavadoras. Aranhas desse gênero têm sido observadas vivendo com comportamento semi-arbóreas. Ao contrário de outras tarântulas do novo mundo, Ephebopus possuí cerdas urticantes em seus pedipalpos e nao no abdômen como a maioria dos outros gêneros.

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

Nome científico: Ephebopus murinus

Família: Theraphosidae.

Subfamília: Psalmopoeinae

Tipo: Terrestre (Sobre-tudo, muito fossorial).

Categoria: Novo Mundo.

Cerdas urticantes: Sim (Pedipalpos)

Veneno: Talvez leve. Não há pesquisas científicas para confirmar isso.

Area de ocorrência: Brasil , Guiana Francesa , Suriname .

Comprimento do corpo: ≤ 5-6 cm.

Envergadura de pernas: ≤ 12-15cm.

Comportamento: Muito Nervosa e defensiva. A aranha assumirá uma posição de ameaça relativamente rápida. Como elas podem passar despercebidas rapidamente nos primeiros estágios de suas vidas, é necessária uma cautela extra. Ephebopus murinus raramente é visível, mas geralmente faz teias muito bagunçadas, mas bonitas acima do solo.

Taxa de crescimento: Rápido.

Esperança de vida: Média de 15 anos. Os machos podem morrer por volta dos 3-4 anos.


INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Ephebopus murinus vive em uma área tropical úmida. Tanto a temperatura quanto a umidade são relativamente altas e constantes durante todo o ano. As temperaturas sobem acima de 30° C quase diariamente. No entanto, não aqueça mais o terrário. Além de serem criaturas tímidas, as aranhas também se enterram para escapar do sol ardente.

Fatores ambientais:

Temperatura: 25 – 28° C (dia), 22 – 24° C (noite).

Umidade: 75-85%.

OBS: Tenha em mente que o animal vai sempre se proteger e abrigar em tocas rochosas, muitas vezes em cupinzeiros ou em troncos de arvores caídos, logo, a variável de temperatura e umidade local, pode variar.

* Você pode considerar um ajuste desses dados com o seu clima local. Não exceda mínima ou máxima.

Imagens por: Wolf Moller

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s