As aranhas escutam suas teias?

A seda é produzida em glândulas de seda com a ajuda das fiandeiras da aranha. As fiandeiras são órgãos especiais que permitem que a aranha decida que tipo de linha precisa para a teia.

Os fios de seda podem ser grossos ou finos, secos ou pegajosos, frisados ou lisos. Os fios que uma aranha usa para construir sua teia ou forrar o solo, começam como líquidos, mas secam rapidamente em contato direto com o ar.

Teias de aranha são bastante elaboradas . Como as aranhas aprendem a fazer tais padrões geométricos complexos ? Fazer teias é um instinto para as aranhas, o que significa que ninguém precisa ensiná-las a fazê-la. Elas nascem sabendo como.

Quando uma aranha começa uma teia, ela libera um fio de seda, ela ancora o fio a algum objeto, um galho, um canto de um quarto, um batente de porta onde quer que ela construa sua teia.

Conforme a aranha se move para frente e para trás, ela adiciona mais fios, fortalecendo a teia e criando um padrão. Linhas que saem do centro da teia são chamadas de ” linhas radiais “.

Então, por que as aranhas tecem teias? Quando você precisa de comida, você vai ao supermercado. Quando uma aranha está com fome, ela vai para a teia.

A principal razão pela qual as aranhas tecem teias é pegar sua comida. Quando um inseto, como uma mosca, voa para uma teia de aranha, ele imediatamente fica preso nos fios pegajosos.

Quando uma aranha pega uma presa nos fios pegajosos de sua teia, ela se aproxima do inseto preso e usa suas presas para injetar veneno . O veneno mata ou paralisa a presa , permitindo que a aranha desfrute do seu alimento em paz.

Nem todas as aranhas usam teias para comer, Outras aranhas perseguem suas presas, (Como as tarantulas).


Compensando a visão deficiente

A seda das aranhas há muito tempo fascina os cientistas por sua notável combinação de força e flexibilidade. Anos de evolução lentamente alteraram a composição da seda de aranha para criar um material que pode absorver energia sem ser excessivamente rígida.

As aranhas, no entanto, não se importam com as aplicações de alta tecnologia de sua seda. Elas tecem suas teias para pegar presas e atrair parceiros. Mas, enquanto os humanos geralmente conseguem detectar um inseto preso em uma teia, as aranhas, que têm uma visão extremamente fraca não conseguem.

Em vez disso, elas parecem confiar nas vibrações dos fios de seda para localizar presas e encontrar deformidades na teia. Quando uma aranha arranca e puxa a teia, enviando ondulações em todas as direções, ela pode sentir as vibrações em cada uma de suas oito pernas.


Boas vibrações

Em experimentos, pesquisadores usaram fitas simples de seda obtidas de duas espécies de aranhas que tecem teias : Nephila edulis e Araneus diadematus . A seda dessas espécies representativas, eles descobriram que elas pode vibrar em uma faixa muito mais ampla de frequências do que muitas outras fibras naturais e sintéticas.

Imagine as cordas de um violino, cada corda só pode ser sintonizada com algumas notas diferentes. Mas uma corda de violino feita de seda de aranha pode ser ajustada a uma tremenda variedade de notas diferentes.

Para medir como a seda das aranhas vibram, Cientistas adotaram uma abordagem incomum: eles projetaram um laser em um pedaço de seda e depois dispararam uma bala nele.

As aranhas determinam como a seda vibra usando métodos mais prosaicos. Elas criam ondas transversais, saltando para cima e para baixo em sua teia e ondas longitudinais, arrancando os fios de seda.

Essas ondas alteram a frequência vibracional da seda ajustando a composição das proteínas da seda e ajustando a tensão da seda na teia. Juntas, essas técnicas podem ajudar uma aranha a identificar qualquer dano em suas teias e, qualquer presa que possa ter ficado presa.

E como a seda da aranha pode vibrar em tantas frequências? A aranha pode sentir movimentos tão pequenos quanto cem nanômetros – 1/1000 da largura de um fio de cabelo humano.


Por que as TARÂNTULAS não fazem teia?

As tarântulas realmente não fazem teias, mas produzem seda. Uma camada de seda pode frequentemente ser vista acariciando o interior e o entorno das tocas de uma tarantula. Isto tem várias funções, incluindo o fornecimento de suporte para as paredes da toca, bem como a criação de uma superfície que seja mais fácil para a tarântula agarrar. 

Além disso, apesar de ter oito olhos, as tarântulas não enxergam muito bem e assim caçam sentindo as vibrações das presas se movendo ao redor delas… As teias de uma tarântula não prendem a presa diretamente, mas ajudam a identificar a localização da presa baseada nas vibrações que percorrerão em todos os fios de seda.

As tarântulas produzem quantidades variáveis ​​de seda, de acordo com suas espécies.


Sobre as Aranhas Papa – Mosca, Alexandre Michelotto, estudante de Ciências Biológicas pelo IFES (Instituto Federal do Espirito Santo), Diz: “Em Salticidae as “teias” não são utilizadas para captura, elas capturam suas presas como gatos, forrageando, perseguindo e finalmente, saltando. As papa-moscas sempre prendem um fio de seda ao solo antes de realizar um salto importante, porque no caso de errarem, elas conseguem se dependurar naquela ‘âncora’ que elas prenderam antes. Em termos sensoriais elas não precisam de construir teias por que tem algo muito mais eficaz, a visão, que podemos discorrer em outras publicações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s