Vitalius sorocabae

Vitalius sorocabae (Mello-Leitao 1923) De tamanho médio, atinge aproximadamente 15 cm, possui a coloração marrom escura, quase negra, com cerdas levemente amareladas distribuídas ao longo do corpo sobretudo nas quelíceras. As fêmeas adultas possuem fortes marcações amarelas nas pernas gerando um lindo contraste com o fundo marrom / negro. Endêmica do interior do estado de São Paulo, habita áreas ecotonais, podendo ser encontrada em florestas de Mata Atlantica Semi Decidual estacional ou Cerrado . Trata-se de uma espécie sinantrópica, sendo facilmente encontrada em casas e sítios na região de Sorocaba, Itu, São Miguel Arcanjo e arredores. Área de transição entre Floresta Estacional Semidecidual e Cerrado. (Sorocaba, SP)

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

Nome científico: Vitalius sorocabae

Subfamília: Theraphosinae

Tipo: Terrestre / fossorial, cava muito bem e constrói grandes galerias, eventualmente pode explorar o terrário.

Categoria: Novo Mundo

Cerdas Urticantes: Sim

Veneno: Provavelmente leve.

Origem: Brasil, São Paulo.

Comprimento do corpo: ≤ 7-8 cm.

Envergadura: ≤ 14-15 cm.

Comportamento: Provocação persistente pode resultar no uso de suas cerdas. A fim de detectar suas presas facilmente, elas criarão uma teia quase invisível e emaranhada na superfície na entrada de sua toca. São conhecidas por serem geralmente calmas, no entanto, o temperamento varia muito de individuo para individuo. De uma ooteca normal eclodem aproximadamente 600 slings com torno de 0,4 mm. O crescimento dos slings é em geral lento se comparado com outros gêneros como Lasiodora ou Nhandu, no entanto mais veloz do que em espécies do mesmo gênero como Vitalius longisternalis ou Vitalius paranaensis.

Taxa de crescimento: Médio.

Expectativa de vida: As fêmeas podem viver até 15 anos de idade. Os machos têm uma vida mais curta, de 4-5 anos.

Temperatura: 20-28°C (dia), 20-23°C (noite).

Umidade: 60-70%.

Fonte


2 comentários Adicione o seu

  1. Carlos Eduardo disse:

    Olá pessoal. Tenho muitas delas na minha chácara. Hoje apareceu no meu laguinho desativado. Mas é um espetáculo de animal. Sonho um dia da humanidade poder conviver com esses animais como convivemos com os pássaros em liberdade e sem preconceito. Pena que não consegui enviar fotos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s